08/12/17

A popularização da energia solar é uma realidade. Hoje, investir em painéis solares não é apenas exclusividade de uma classe privilegiada, mas uma oportunidade possível para muitos que querem economizar na conta de luz e contribuir para o meio ambiente.

 

Uma prova disso é a recente inclusão do sistema de energia solar nas unidades do programa do governo federal Minha Casa, Minha Vida, uma iniciativa que beneficia principalmente famílias de baixa renda.

 

Energia solar e Minha Casa, Minha Vida: como funciona

 

A proposta faz com que diversas casas e condomínios recebam o sistema desde sua construção, sem custo adicional para os seus beneficiários.

 

Estudos preliminares já mostraram que, depois de instalados, os sistemas poderão gerar até 70% de economia na conta de luz das famílias beneficiadas. Com o valor que sobrará no orçamento no fim de cada mês, a ideia é que as famílias possam investir mais em alimentação, educação e lazer.

 

Ainda não é possível saber quais grupos de beneficiários poderão receber o sistema. No entanto, já sabe-se que farão parte as famílias que não se enquadram na Tarifa Social de Energia Elétrica – programa que garante desconto na fatura para famílias com consumo baixo de energia e/ou de baixa renda.

 

energia-solar-e-minha-casa-minha-vida-2

Imagem: Secima.

 

Além de gerar economia para os moradores, a iniciativa também contribuirá para um futuro mais sustentável a partir da geração de energia limpa.

 

Vale lembrar que, no Brasil, as hidrelétricas ainda são responsáveis por mais de 60% da matriz energética. Para quem possam funcionar, essas grandes estruturas causam um imenso impacto ambiental na região em que são instaladas, um grande preço a se pagar pela geração de energia.

 

Sendo assim, quando a energia solar passa a se tornar uma evidência entre as diversas realidades econômicas da população brasileira, o futuro do meio ambiente torna-se mais otimista.

 

energia-solar-e-minha-casa-minha-vida

Imagem: Minha Casa, Minha Vida.

 

Em relação a iniciativa do Minha Casa, Minha Vida, o Presidente Executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia não deixou de comemorar. Para ele, é um forte sinal que a energia solar está de fato tornando-se democrática, consolidando-se entre as diversas faixas de renda.

 

Rodrigo também destaca que a iniciativa também gerará uma grande quantidade de empregos de qualidade e competitividade tecnológica, já que as demandas por equipamentos de energia solar e profissionais do ramo serão ampliadas.

 

Já não é novidade que os brasileiros têm interesse em produzir sua própria energia. Como mostramos aqui, mais de 70% dos brasileiros gostariam de ter autonomia sobre a produção da energia que utilizam, segundo o Greenpeace.

 

Portanto, o a união entre os sistemas de energia solar e Minha Casa, Minha Vida é uma iniciativa que está em compasso com as demandas da realidade brasileira, tanto no plano econômico e social quanto no âmbito sustentável.

 

Análises e estudos para a viabilização do projeto contaram com participação do Ministério das Cidades, FIESP, Absolar, Furnas, entre outras instituições parceiras.

 

Quer saber mais sobre os benefícios possíveis com a energia solar? Converse com a Ponto Solar! Descubra como é possível economizar até 95% em sua fatura de luz gerando sua própria energia!

 

Com informações de Jornal da Instalação, Senado.