10/02/18

Atualmente, já são mais de 2 milhões de brasileiros que usufruem dos benefícios da energia solar em suas residências, empresas, indústrias. O país já ultrapassou seu primeiro gigawatt em geração solar, e é esperado que em 2018 essa capacidade dobre.

 

Grande parte do sucesso que os painéis solares estão tendo iniciou com a resolução nº 687/2015, que nós já falamos sobre aqui. Entre as facilidades que ela trouxe, queremos destacar uma em especial: a utilização de energia solar em condomínios.  

 

Desde 2016, moradores de condomínios verticais (prédios) e horizontais podem usufruir juntos das benefícios que um sistema de energia solar é capaz de gerar, economizando na conta de luz e aproveitando uma energia limpa e renovável.

 

Se interessou para saber como isso funciona? Vamos explicar agora mesmo.

 

economizar-com-energia-solar-ponto-solar-blog (1)

Imagem: Inside Climate.

 

Como gerar energia solar em condomínios

 

São chamados de empreendimento com múltiplas unidades consumidoras os condomínios que geram a própria energia através de painéis solares.

 

Para a instalação do sistema, primeiramente, é necessário que o proprietário, síndico ou outro responsável pela administração do condomínio entre em contato com empresas que prestem serviço de instalação de sistemas de energia solar, como a Ponto Solar.

 

É possível que o sistema atenda tanto as demandas de energia dos moradores quanto as áreas comuns do condomínio. A ANEEL considera que cada residência é uma unidade consumidora, bem como as áreas comuns – estacionamentos, áreas de lazer, etc.

 

Depois de feito um projeto adequado às necessidades dos moradores, instalado o sistema e efetuada a ligação com a concessionária de energia, o condomínio já está gerando energia limpa para seus residentes.

 

Moradores aproveitam os créditos

 

Diferente da geração de energia solar em residências e empresas, em que a energia produzida é utilizada imediatamente e o excedente é injetado na rede elétrica para gerar créditos, no caso da energia solar em condomínios apenas os créditos são utilizados.

 

Os créditos são aquilo que o condomínio estará ganhando por “ceder” a energia que está produzindo para a concessionária de energia. Isso não gera prejuízos para nenhum dos usuários, já que toda a energia produzida e “cedida” é convertida em créditos que geram economia.

 

economia-da-energia-solar-blog-ponto-solar-3

Uma boa ideia é utilizar os painéis solares no estacionamento, aproveitando as áreas comuns. Imagem: Commercial Solar Guy.

 

A parte mais importante de toda a negociação é que os condôminos decidam previamente qual será a participação de cada unidade consumidora (residência) no rateio de energia. Em outras palavras, é preciso saber qual a porcentagem dos créditos que cada unidade recebe, que já serão descontados na fatura de energia de cada mês.

 

Uma sugestão é que os créditos sejam distribuídos de acordo com o investimento de cada condômino no sistema. No caso, cada um recebe uma parcela dos créditos de energia de acordo com a porcentagem de participação no investimento nos painéis solares.

 

Caso precise ocorrer alguma modificação no sistema de rateio, como uma unidade consumidora não receber mais créditos, por exemplo, não há problema algum. Basta comunicar a concessionária de energia para que a participação nos créditos sejam alteradas.

 

No caso das áreas comuns do condomínio, como elas são consideradas uma unidade consumidora, elas já vão usufruir de uma quantidade fixa de créditos que deve ser estabelecida de acordo com o consumo de energia dessas áreas.

 

Modificações nas unidades

 

Felizmente, não é necessário que os apartamentos façam modificações em sua rede elétrica para receber os créditos gerados pela energia solar. Nada de novos relógios de luz, nem nada do tipo.

 

É necessário que apenas uma unidade receba o relógio bidirecional, a mesma que terá o sistema de microgeração conectado.

 

Para os proprietários interessados em investir em energia solar em condomínios, a única tarefa está em entrar em contato com empresas especializadas como a Ponto Solar. Somos nós quem elaboramos o projeto, instalamos o sistema e fazemos toda a homologação com a concessionária de energia. Economizar é fácil assim.

 

Se você se interessou, entre logo em contato conosco e passe a aproveitar os benefícios da energia solar.

 

Por redação Ponto Solar, com informações de ECycle.